[Resenha] Harry Potter e a criança amaldiçoada

foto-24-01-17-11-24-20

Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

Olá gente?

Na primeira semana de janeiro terminei esse livrinho maravilhoso e só uma coisa à dizer: J. K. está querendo acabar com meu coraçãozinho. Harry Potter e a criança amaldiçoada é o roteiro de ensaio da peça Harry Potter e a criança amaldiçoada. Como é um roteiro é dividido em cenas, atos e partes. São cercas de duas partes,  cada uma com dois atos e cada ato com mais ou menos dez à quinze cenas.

Bom, a peça vai começar com o pai do Cedrico Diggory tentando fazer com que Harry Potter volte no tempo pata salvar seu filho da batalha que teve em Harry Potter e o Cálice de Fogo, que na qual o Cedrico é assassinado pelo Voldermort apenas por não ser a útil à este. E, claro, que o Harry não aceita.

foto-24-01-17-11-25-14

Ao longo do livro, vai ter muitas complicações com o filho de Harry, Alvo Potter. Porque Harry acaba não sendo um bom pai para o Alvo e este, convenhamos, também não se classifica como um bom filho. Confesso, que fiquei com bem triste pela vida que Alvo tem em Hogwarts, ele acaba sofrendo bullying pelo legado deixado pelo pai.

O final tem uma revira-volta impressionante, e eu fiquei bastante feliz por mais uma vez chorar ao fim de uma série incrível, que não queria que houvesse um fim, um adeus.

foto-24-01-17-11-27-34

Foi maravilhoso lê, mesmo que em forma de peça, uma continuação da série Harry Potter, eu gostei bastante do futuro que J.K. proporcionou aos personagens. Achei incrível como ela continuou a história com muita ação, ela voltou com algo no passado que eu não esperava. Adorei a peça, quem é fã de HP simplesmente vai adorar, vai ser magnifico lê mais coisinhas da J.K. e, claro, de Harry Potter.

Enfim, gente é isso. Espero que tenham gostado da resenha e que leem o livro, pois vale bastante a pena ❤ Meu insta é @_cafezinha.

Mil beijinhos ❤

 

 

 

[Resenha] O Restaurante no fim do universo

c5a22c661883b9fd147fd5ef3ebab35b

Sinopse:O que você pretende fazer quando chegar ao Restaurante do Fim do Universo? Devorar o suculento bife de um boi que se oferece como jantar ou apenas se embriagar com a poderosa Dinamite Pangaláctica, assistindo de camarote ao momento em que tudo se acaba numa explosão fatal? A continuação das incríveis aventuras de Arthur Dent e seus quatro amigos através da galáxia começa a bordo da nave Coração de Ouro, rumo ao restaurante mais próximo. Mal sabem eles que farão uma viagem no tempo, cujo desfecho será simplesmente incrível. O segundo livro da série de Douglas Adams, que começou com o surpreendente ‘O Guia do Mochileiro das Galáxias’, mostra os cinco amigos vivendo as mais inesperadas confusões numa história cheia de sátira, ironia e bom humor. Com seu estilo inteligente e sagaz, Douglas Adams prende o leitor a cada página numa maravilhosa aventura de ficção científica combinada ao mais fino humor britânico, que conquistou fãs no mundo inteiro. Uma verdadeira viagem, em qualquer um dos mais improváveis sentidos.

Olá gente?

img_20161010_204451

Eu já terminei esse livro à algum tempo, mas só estou postando a resenha agora porque esse livrinho me deu muito trabalho na hora de falar sobre ele. Bom, esse é o segundo livro da série Guia do Mochileiro das Galaxias, eu já publiquei a resenha do primeiro e já contei como adquirir a série inteira em um post de unboxing. Então, aconcelho ler primeiro a primeira resenha e depois essa, tá bom?

Pra começar, eu esperava mais desse livro e, principalmente, do Douglas Adams. O livro começou de forma bem tranquila, como o primeiro, mas ao decorrer das páginas, a escrita do autor ficou mais difícil e nada leve (comparando com o primeiro). Eu tive muita dificuldade para entender o que estava ocorrendo, porque uma hora falava de uma coisa e do nada já estava falando de outra.

Mas uma coisa que me pegou demais, foi o fato da sequência ter começado exatamente onde terminou o primeiro (palmas hahahah).

O livro vai começar com os protagonistas indo ao restaurante no fim do universo, eu simplesmente amei esse restaurante. Só não gostei porque lá o animal vai até você (cliente) e pergunta se você quer comê-lo, quase morri nessa parte. Gente eu sou vegetariana, para deixar claro, e eu detestei o fato do animal saber que vai ser morto e comido por nós e gostar disso. Tira isso desse livro, Douglas.

Como eu disse esse restaurante é muito peculiar, e depois que eles vão “comer” lá acontece um montão de coisas e, só ai é que o livro começa a fluir e a escrita a ficar um pouco difícil.

Eu espero sinceramente que o terceiro livro me encante, porque O Restaurante no Fim do Universo me pegou, mas muito lentamente. Todos os livros da série são bem fininhos não chegam nem a 200 páginas cada. Então, você lê um bem rapidinho.

Não tenho a menor ideia de quando lerei o terceiro livro, mas eu queria que fosse logo. Vou tentar não demorar muito.

Enfim, gente é isso. Espero que tenham gostado da resenha. Lembrando, que para mais fotografias de minha autoria é só me seguir no insta @blogcafecomflores_.

Mil beijinhos ❤

[Resenha] O Guia do Mochileiro das Galáxias

img_20161001_200424

Sinopse: Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.

Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

Olá gente?

Não tenho palavras suficientes para expressar o quão bom foi esse livrinho *-* A escrita de Douglas Adams me surpreendeu bastante, e o universo da série me envolveu de um jeito incrível, tanto que terminei este em menos de 24 horas (e, já terminei o segundo e tô no terceiro). Eu vou fazer a resenha de cada um deles então se preparem moças e moços ❤.

O livrinho é repleto de palavras novas e, mesmo tratando do fim trágico da Terra, o humor é a parte mais linda do livro (e, pelo o que diz no prefácio, da série toda).

A livro vai contar a história de Arthur Dent, quando foi salvo do fim do mundo pelo Mochileiro das Galáxias, Ford Prefect. Juntos eles vão viajar pelo universo e descobri várias coisas interessantíssima e curiosas, como a resposta à Questão Fundamental da Vida, do Universo e de Tudo o mais.3

Meu personagem favorito é o Arthur, porque em meio à tanto desastre, fim da Terra, descobrimento de planetas ele ainda fica triste porque não tinha chá na Nave Espacial. Eu gostei muito de todas os personagens e mais ainda do humor deles. Quero guardar esse livrinho no meu coração *-*

Eu dei quatro estrelinhas para a série, talvez quando eu terminar ela eu complete as cinco, mas por enquanto está sendo quatro ❤ Lembrando, que a série é bem levinha e se encaixa perfeito na correria do nosso cotidiano. Eu conseguir ler dois livros dessa série em um final de semana, mas só vou continuar no próximo fim de semana ❤

Enfim, espero que tenham gostado e que leiam essa série maravilhosa, porque é simplesmente MARAVILHOSA =)

Ps: Mil beijinhos ❤

Unboxing Setembro

Olá moças e moços?

Ontem 28 de setembro, chegou aqui em casa meus livros que tinha comprado na Submarino. Eu tava muito ansiosa para chegar, tanto porque quero ler os livrinhos, como porque essa foi a primeira vez que comprei nessa loja. Foi a primeira vez, porque todas ás vezes o frete pra cá saia um absurdo (tipo R$ 80 apenas para seis livros), aí não valia pena.

Bom, eu gostei bastante dessa experiência de comprar na submarino, os livros vieram bem protegidos e nenhum com algum dano. Os livros que eu pedi foram: todos os livros da séria Harry Potter, o livro Pedra Filosofal (também de HP) só na versão ilustrada e a série O Guia dos Mochileiros da Galaxia. Foram ao total de treze livros, por apenas R$ 152 juntando com o frete, na submarino ❤

tumblr_lht8kiuhp31qabxpm
Minha reação ao ver que meus livrinhos chegaram

Nesse post eu vou mostrar de todos os treze livros, mas vou falar só brevemente de cada um deles tudo bem. Eu dividir em o livro de Hp na versão ilustrada, a série HP e a série O Guia dos Mochileiros da Galaxia.

  • Harry Potter e a Pedra Filosofal, na versão ilustrada ❤

Não preciso nem dizer que à muito tempo quero esse livro, porque ele é simplesmente MARAVILHOSO. Ele é bem pesado, mas em compensação as ilustrações são lindas e valeu muito a pena comprá-lo ❤

  • A Série Harry Potter

Essa versão que eu escolhi é muito lindinha, é a minha segunda preferida (a minha favorita é a versão branca, mas essa não estava no kit 😦 ) , mas estou feliz mesmo assim. Decidir mostrar todos juntos, porque já que eu não vou resenhar-los, não vou perder tempo mostrando cada um. Então deixa eu mostrar para vocês, porque eles são lindinhos ❤

img_20160929_195524

  • A série Guia dos Mochileiros da Galaxia

img_20161002_194602

Eu comprei essa série, mas confesso que não sabia nem do que se tratava esta. Eu comecei a ler o primeiro livro e já chorei com o prefacio, então já pretendo uma série repleta de choros e sentimentos lindinhos ❤ O livro estar sendo ótimo até agora e, sei que eu vou amar, porque na história vai ter muita coisa relacionada com astrologia e galaxias =D

Depois eu resenho a série inteira, cada livrinho de uma vez, para melhor explicar do que se trata cada um e o que eu achei, não é mesmo?

 

Enfim, gente é isso. Espero que tenham gostado desse unboxing =D. Lembrando que eu comprei numa promoção que teve agora em setembro na Submarino, não sei se ainda está ocorrendo. Mas qualquer coisa é só visitar o site e conferir.

Para mais fotografias de minha autoria, me siga no Instagram @blogacafecomflores_

Mil beijinhos ❤

 

[Resenha] “Detalhe final”

IMG_20160720_160604

Sabe aquele livro que você ler esperando ser tudo de bom, e acaba sendo só mais um que você se surpreendeu no final? Então, esse livro se chama “Detalhe Final”

Sinopse: O agente esportivo – e detetive ocasional – Myron Bolitar está num verdadeiro paraíso. Divide uma praia caribenha com Terese, uma mulher deslumbrante que acabou de conhecer – uma forma perfeita de se recuperar da perda recente de uma amiga querida.
Seu retiro é interrompido por Win, seu amigo e parceiro em inúmeras investigações. Ele não traz boas notícias: um dos clientes mais antigos de Myron, o problemático Clu Haid, arremessador dos Yankees, foi assassinado e a principal suspeita é Esperanza, melhor amiga e sócia de Myron.
De volta a Nova York, Myron está determinado a provar a inocência de Esperanza, mas os obstáculos são maiores do que imaginava. Para desvendar o crime, Myron terá de encarar o submundo nova-iorquino e abrir feridas antigas que podem ser o seu fim.
Com reviravoltas, cenas e diálogos inesquecíveis, temperados com um delicioso humor, Detalhe final tem tudo o que fez de Harlan Coben um fenômeno literário e vai surpreender o leitor até a última página.

Olá gente?

Terminei mais um livrinho do autor norte-americano Harlan Coben, e só consigo pensar em uma palavra: decepção. Logicamente que o livro não me decepcionou por completo, pois eu adorei a personalidade do protagonista, Myron Bolitar, que é um agente esportivo. Ele deu muito humor à história, o que quebrou um pouco do clima tenso do livro.

IMG_20160729_130647

Bom, o livro vai contar a história de Myron Bolitar enquanto ele tenta saber o porquê de terem incriminado sua melhor-amiga por um crime que está na cara que ela não cometeu. A história envolve muitos personagens e a todo momento mudamos nossa opinião sobre quem é o verdadeiro assassino de Clu Haid (pelo menos foi assim comigo, é o extinto de quem passou a infância toda assistindo Scooby Doo HAHAAH), que é um cliente de Myron Bolitar.

Esse é o terceiro livro que leio do Harlan e o primeiro que está na minha estante, e eu gostei bastante dos livros livros dele pois são tipo romance-policial (0 que envolve muita confusão com policia, mas sempre um caso de amor no meio <3), por isso eu realmente esperava que esse livro fosse bom. Estou me sentindo extremamente decepcionada por ter escolhido esse livro (mesmo tendo bastante opções de livros desse autor para comprar). No entanto, o final do livro foi bom, isso eu já estava esperando (pois, os livros do Harlan são assim, os finais compensam o livro todinho- só que em alguns livros eles são bons por completo).

O livro é um pouquinho grande (mais para um tamanho médio do que grande), possui 303 páginas divididas em 40 capítulos, os capítulos são maiores no começo do livro e menores no final, ou seja, quando você chega ao meio a leitura fluir mais rápido até o final. Como eu não condenei o livro por completo eu dou três estrelas para ele, pois eu nem pensei que o final seria daquele jeito.

Enfim, gente é isso. Mesmo o livro não tendo me agradado por completo, espero que deem uma oportunidade ao livro, pois podemos possuir gostos diferentes e você pode gostar *-* Espero que tenham gostado:D

Mil beijinhos ❤

As imagens do post são de minha autoria.

 

 

“Holy Cow: Uma fábula animal”

IMG_20160717_013142

Sinopse: Uma aventura irreverente e itinerante com muita personalidade, e uma heroína quadrúpede que você não vai esquecer tão cedo

Elsie Bovary é uma vaca muito feliz em sua bovinidade. Até o dia que resolve sair sorrateiramente do pasto e se vê atraída pela casa da fazenda. Através da janela, observa a família do fazendeiro reunida em volta de um Deus Caixa luminoso – e o que o Deus Caixa revela sobre algo chamado “fazenda industrial” deixa Elsie e tudo o que ela sabia sobre seu mundo de pernas para o ar. A única saída? Fugir para um mundo melhor e mais seguro. Assim, um grupo para lá de heterogêneo é formado: Elsie; Shalom, um porco rabugento que acaba de se converter ao judaísmo; e Tom, um peru tranquilão que não sabe voar, mas que com o bico consegue usar um iPhone como ninguém. Munidos de passaportes falsos e disfarçados de seres humanos, eles fogem da fazenda e é aí que a aventura deles alça voo – literalmente.
Elsie é uma narradora marrenta e espirituosa; Tom dá conselhos psiquiátricos com um sotaque alemão um tanto forçado; e Shalom, sem querer, acaba unindo israelenses e palestinos. As criaturas carismáticas de David Duchovny indicam o caminho para um entendimento e uma aceitação mútuos dos quais esse planeta tanto precisa.

Olá gente?

Eu estou me sentido bastante feliz por ter seguido a dica de uma booktuber para ler esse livrinho do ator, roteirista, produtor, diretor, escritor, compositor e cantor norte-americano David Duchovny *-* O livro é uma fábula, que mostra a visão de uma vaquinha em relação a como nós tratamos os animais, não só dos bovinos.

A história vai ser contada pela encantadora vaquinha Elsie, tudo começa quando ela pensa que sua mãe a abandonou à algum tempinho. Só que num belo dia um dos filhos dos moradores da fazenda deixa a portinha do celeiro aberta, e Elsie e sua amiga Mallory decidem ir ver os touros. Mas Elsie, logo muda de ideia e vai ver a família de fazendeiros. Chega justo no momento em que estão assistindo televisão, então ela descobrir que os seres humanos matam os animais para comê-los. E muitas vezes para fazer obejtos como luvas, coisas de couro e muitos outros.

O que mais me tocou na Elsie, é sua ingenuidade por querer ir para a Índia pois lá ela não vai ser assassinada para ser servida nos pratos. Então ela decidi, fazer essa viagem de Nova York até a Índia, só que enquanto ela planeja se juntam à ela Shalom, um porco que quer ir à Israel, pois lá eles não comem carne de porco por serem judeus; e Tom, um peru que quer ir a Turquia, pois la é considerado Deus.

O livro é pequenino, tem 202 páginas divididas em 48 capítulos pequenos. A leitura é bastante fluida, ou seja, bem fácil de ler. O livro é cheio de figuras o que deixou tudo com um gostinho de infância lindo. Segundo a Saraiva, o livro é proibido para menores de 14 anos (e, eu não vejo o porquê disso), mas eu indico esse livro à todos, tanto jovens, crianças, adultos e idosos. Vale muito a pena 😀

IMG_20160716_161658

Bom, terminei o livro hoje e, estou redondamente apaixonada pelo David, por ter tido uma ideia tão linda para um livro. Esse livro com certeza me ensinou muito e, me emocionou bastante *-* Está na minha listinha dos melhores livros que li ❤

Enfim, gente é isso. Espero de coração que tenham gostado do livro e que se interesse por lê-lo 🙂 Porquê eu dedico cinco estrelas para esse magnífico livro ❤

Mil beijinhos ❤

 

[Resenha] “Ligações”

IMG_20160712_113610

Sinopse: Georgie Mccool sabe que seu casamento está estagnado. Tem sido assim por um bom tempo. Ela ainda ama seu marido, Neal, e ele também a ama, profundamente – mas o relacionamento entre eles parece estar em segundo plano a essa altura.
Talvez sempre esteve em segundo plano.
Dois dias antes da tão planejada viagem para passar o Natal com a família do marido em Omaha, Georgie diz a ele que não poderá ir, por conta de uma proposta de trabalho irrecusável. Ela sabia que ele ficaria chateado – Neal está sempre um pouco chateado com Georgie –, mas não a ponto de fazer as malas e viajar sozinho com as crianças.
Então, quando Neal e as filhas partem para o aeroporto, ela começa a se perguntar se finalmente conseguiu. Se finalmente arruinou tudo.
Mas Georgie estava prestes a descobrir algo inacreditável: uma maneira de se comunicar com Neal no passado. Não se trata de uma viagem no tempo, não exatamente, mas ela sente como se isso fosse uma oportunidade única para consertar o seu casamento – antes mesmo de acontecer…
Será que é isso mesmo o que ela deve fazer?
Ou ambos estariam melhor se o seu casamento jamais tivesse acontecido?

Olá gente?

Finalmente terminei o terceiro livro que leio da autora norte americana Rainbow Rowell.  Primeiramente, vamos dá muitos parabéns a Editora Novo Século que escolheu essa capa maravilhosa, que ainda hoje não estou sabendo lidar ❤ Eu via que muitos booktubers ou blogueiros literários “classificaram” Ligações como o melhor livro que já leram ou o melhor da Rainbow, mas já li Fangirl e Anexos e, me identifiquei melhor com esses. Na minha opinião, eu acho que é porque o público desse livro é um pouco mais velho, por isso não identifiquei muito bem. Mesmo assim, o livro me conquistou do meio para o fim, e estou muito feliz por no final ter dado quatro estrelas à esse livrinho *-*

O livro vai contar uma semana da vida de Georgie, uma escritora de comédias de Tv, que seu marido e suas filhas viajaram para casa dos seus sogros bem na véspera de Natal. Mas ela não foi, pois tinha que terminar um programa que estava escrevendo com seu melhor amigo Seth (adorooo melhores amigos homens). Para falar a verdade, eu esperava que a Georgie ficasse com o Seth, eu tava torcendo para esse casalzinho. Aliás, Senhorita Rainbow, você deveria ter escrito como foi o final de Seth na historia, ficou meio vazio, mesmo eu sabendo que ele não protagonista, mas eu queria muito saber 😀

Bom, o livro vai abarcar demaais o romance entre adultos, que aliás estou começando a gostar por causa da Rainbow. O livro é grandinho, possuí 302 páginas dividas em 36 capítulos e mais um Antes e um Depois. Como eu já disse, Ligações ta sendo a capa mais bonita da minha estante ❤

Enfim, gente é isso. Espero que tenham gostado do livro e da resenha. E, eu indico muito esse livro para jovens adultos, pois vão receber melhor a mensagem que o livro passa, já os mais novinhos (como eu) eu indico Anexos ou Fangirl que também é da Rainbow e já tem resenha aqui no bloguinho ❤

Mil beijinhos ❤

Sempre posto uma fotinhas bem fofas la no meu instagram, vão dá uma visitinha marota 😀

[Resenha] “Anexos”

IMG_20160707_215639

Sinopse:Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas.
Enquanto isso, Lincoln O’Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho – ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser “agente de segurança da internet”, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers – e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonado por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria…?

Olá gente?

Finalmente terminei o primeiro romance e o segundo livro que leio da autora Rainbow Rowell, e não me canso de dizer o quanto essa autora é boa e maravilhosa. E, nesse livro não é diferente. Mas eu to tão feliz por ter lido esse livro que quero dar um abraço em todas as pessoas do universo ❤

O livro vai contar a história da vidinha bem deprimente de Lincoln, um adulto de 28 anos que foi traído pela namorada à alguns anos e, que agora trabalha em um emprego que não anima sua vida. Eu particularmente, amei ler um romance que não envolve menores de 20 anos, tudo é bem diferente. Bom, e nesse trabalho de Lincoln ele tem que ler e-mails que fora considerados imorais para o sistema, sua função é denuncia-los.

No entanto, ele começa a se envolver muito com os e-mails de Beth e Jennifer, que acaba sem querer se apaixonando por Beth (mesmo ela tendo namorado). Aí começa o drama, ele dizendo que sentir um intrometido pois ler os e-mails pessoais de duas mulheres.

O livro é grande, possuí 366 páginas divididas em 89 capítulos. Então, o maior capítulo vai ter no máximo 10 páginas, assim o livro fluir bem rápido e você o termina quase sem perceber. Os capítulos são alternados entre os e-mails de Beth e Jennifer e a narrativa da vida de Lincoln. Aliás, gosto bastante de livros assim, por ser diferente *-*

Como todo clichê de romance, o final é feliz. Mas nesse em especial, não achei ruim o final ser feliz 😀

Enfim, gente é isso. Espero que tenham gostado da resenha e que tenham se interessado pelo livro, pois vale muito a pena lê-lo ❤

Mil beijinhos ❤

[Resenha] “Depois de você”

20160217_133909371_iOS

Sinopse:Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.
Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

Olá gente?

Gente indico o álbum Saca la muerte de tu Vida do Esteban Tavares, pois escrevi o post ouvindo esse álbum ❤

Terminei esse livrinho hoje e, ainda estou um pouco confusa. Eu tava morrendo de curiosidade para ler logo esse livro, talvez por causa do final de “Como eu era antes de você” e, por causa do filme que lançou e eu ainda não assistir 😦 Mas vou tentar prometo.

Bom, Jojo me decepcionou muuuito até o meio do livro, a história simplesmente não se desenvolvia e muito drama da Louisa, que eu já estava para desistir desse livro. A escrita da Jojo como sempre foi ótima, mas é que o fato de Louisa está de luto, por estar com esse negocio de fazer as coisas como Will gostaria me deixou entendiada. No entanto, la pelo meio de livro começou a surgir um interesse para ler, o que foi muito bom.

Muito ao contrário de “Como eu era antes de você”, nesse livro teve um filnal feliz 🙂 desculpem pelo spoiler, mas que eu não aguentaria se Louisa tivesse um final triste, um final que requeria um novo livro, para ela tentar melhorar. Gostei bastante dos personagens novos que Moyes aderiu à história, porque deu um ar de vidinha nova e, isso me animou.

img_4893

O final me surpreendeu, como eu disse, eu esperava um final triste, mas Jojo Moyes decidiu ser bondosa com nossos coraçãozinhos, porque no final de “Como eu era antes de você” eu estava um caquinho de vidro quebrado.

O livro tem 318 páginas, é considerado um pequeno. De tudo, eu daria quatro estrelas pelo finaaal maravilhoso.

Enfim, gente é isso. Espero que tenham gostado da resenha *-* Espero que gostem do livro, pois vale muito a pena ❤

Mil beijinhos ❤


 

[Resenha] “Fangirl”

14533798820_7b7fa15bca_b

Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenafa aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estréia de cada filme.
Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar.

Olá gente?

Bom, eu fiquei mega curiosa para ler esse livro só pela sinopse,  porque nunca tinha lido um livro assim e, super amei a minha primeira experiência de leitura da autora norte-americana de livros jovens-adultos ou adulto-contemporâneo Rainow Rowell. Estou super feliz por ter seguido o conselho de vários booktubers que já indicaram essa autora ❤

Fangirl é um romance que se passa em 2012. E vai contar a história de Cath uma garota de 18 anos que escrevi fanfics (é basicamente, uma outra versão de histórias de livros, séries, filmes, youtubers e outros) e está indo para a faculdade com sua irmã gêmea Wren. Só que sua irmã, Wren, decidi ficar em outro quarto no campus com outra colega de quarto.

A história do livro envolve muita escrita de fanfic, estudos e amor. Eu amei a personalidade da Cath, de um certo modo me encontrei em algumas ações dela, como quando ela estuda, como não gosta de festas e bebidas, muito inexperiente no amor e, como se sentir inferior em relação a sua irmã.

Meu personagem homem favorito é o Levi, pois ele é aquele tipo de pessoa positiva o tempo inteiro que sempre vai tentar de animar ou te ajudar quando você menos esperar e, isso eu acho lindo *-* Também gostei da Reagan e do pai de Cath, eles são uns amores.

Eu li o livro pelo celular, então não sei quantas páginas possuí, mas acho que é um pouco grande. No livro há pequenos pedaçinhos da história real de Simon Snow e Baz ou pequenos pedaçinhos de “Vá em frente, Simon” que é uma fanfic de Cath.

Enfim gente é isso. Espero que tenham gostado da resenha e, que se interessem pelo livro *-*

Mil beijinhos ❤