Me encontrei

tumblr_mis23nhpvl1rkjqkco1_500_large

É tão incrível como uma pessoa pode mudar drasticamente em tão pouco tempo. Eu mudei tanto, que as pessoas que eu tinha um contato se conversasse comigo hoje, talvez não me reconheceriam. Quando falo que mudei, muita gente me corrigi e diz que eu “amadureci”. Eu pensava bastante errado sobre certas coisas, entende? E, 2015 me ensinou isso, que mesmo você sendo muito, muito mesmo, amigo de uma pessoa você não deve confiar nela cegamente.

Eu tenho poucos amigos, amigos que se tiver eu tiver com problema, vão pelo menos mandar uma mensagem. Com essas e várias outras decepções com pessoas, me proporcionaram um aproximamento de Deus e, por causa disso, sou muito a grata à essas pessoas. Porque você só aprende errando, eu errei em confiar nelas e, isso, me fez crescer, pensar diferente. Por isso digo, que me encontrei. E quando digo não estou blefando, estou pondo minha cara a tapa que mesmo depois de decepções, quedas, eu conseguir me levantar e, bater no peito dizendo “eu cresci, eu aprendi com meus erros”.

Há uns dois anos atrás se alguém me dissesse que a gente só aprende errando eu ia sorrir e dizer que era bobagem, mas gente, precisamos entender que o arco-íris só vem depois da tempestade. E, espero que em 2016, eu erre mais, que eu caia mais, pois a vida não é contada pelas suas inúmeras vitórias e dias de sol, mas com todas as vezes que você foi humano, forte o bastante para levantar e sorrir para o lindo arco-íris que vem na manhã seguinte.

Quero muito que em 2016, Deus tire essa raivinha que fica em mim, logicamente que sou humana, não sou perfeita, tenho direito de errar. Mas tenho sim, a escolha de permanecer no erro ou usar esse erro para me fortalecer. Então vamos orar, vamos ter fé de que tudo vai melhorar se a gente por os nossos planos nas mãos de Deus, que ele vai abençoar nossas caminhos e escolhas.

7 comentários sobre “Me encontrei

  1. Eu acredito que quando sofremos com alguma situação a qual não gostamos, devemos transformar os sentimentos ruins que vieram dela em aprendizado, como você falou no final do post. A gente [infelizmente] aprende mais com os erros, e a experiência se fortalece a partir deles.
    Concordo com suas palavras, mas fico triste também sobre a possível falta de confiança que esteja em sua mente agora. Espero que reflita com carinho a respeito do melhor caminho a seguir: Desconfiar sempre? Deixar pra lá e permitir as relações fluírem? Não criar expectativas?

    Muita boa sorte, Ana (:
    Beijinhos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s